Logo
Pirágua Distribuidora de Água Ltda.
A mais de 30 anos levando mais saúde até você!
Início      FAQ

FAQ CONSUMIDORES:

 

  1. O que é pH ?

    O pH representa a atividade hidrogênionica da água, resultante da dissociação da própria molécula da água e posteriormente do hidrogênio proveniente de outras fontes.

 

  1. Qual a importância do pH ?

    A determinação do pH é um dos mais importante e freqüentes testes usados em química. Praticamente todas as fases do tratamento de águas de abastecimentos, e do tratamento de efluentes industriais, por exemplo, neutralização, abrandamento, precipitação, coagulação, desinfecção, controle de corrosão, dependem do pH. Ele é usado na determinação da alcalinidade, CO2 e muitos outros equilíbrios ácido-base.

    Na dependência do tipo de água, as estações de tratamento da rede pública devem efetuar a correção de pH, com produtos químicos seguros, de forma a atender as exigências da legislação visando obter boa desinfecção e evitar problemas de incrustação na canalização.

 

  1. Qual deve ser o pH da água tratada da rede pública ?

    O pH da água tratada proveniente da rede pública de distribuição deve apresentar preferencialmente valores de pH entre 6,5 a 8,5, pois, em determinadas condições de pH e na dependência do tratamento que é realizado, pode ocorrer a precipitação de elementos químicos que podem causar corrosão e incrustações em canalizações e provocar manchas em determinados produtos e roupas.

    A portaria nº 1.469 de 29 de dezembro de 2000 do Ministério da Saúde, relativa a água do sistema de distribuição pública (Tratada), recomenda que o valor de pH da água seja mantido na faixa entre 6,0 a 9,5, contudo isto não se aplica as Águas Minerais Naturais, pois as mesmas não podem ser cloradas.

 

  1. O pH é um parâmetro que define a potabilidade para a Água Mineral Natural ?

    O pH da água mineral natural não é um parâmetro que define sua potabilidade, pois, ele varia na dependência da passagem da água mineral por rochas de diferentes composições (cálcicas, magnesianas, bicarbonatadas, etc), sendo desta forma muito freqüente encontrar águas minerais com diferentes valores de pH.

 

  1. Por que as pessoas da terceira idade e idosos devem beber mais água ?

    Nas pessoas da terceira idade e no idoso, a capacidade de sensação de sede diminui, aumentado por esse motivo o risco de desidratação e de várias outras patologias relacionadas. No último verão Europeu (2002), uma das causas atribuídas às inúmeras mortes que ocorreram entre idosos foi a desidratação motivada pela falta do hábito de beber água.

 

  1. O consumo de água mineral é importante para a saúde de quem pratica esportes ?

    A água mineral natural pode ser uma fonte importante de sais minerais e de oligoelementos para os indivíduos durante a prática de esportes. Na dependência da atividade que ele exerce necessitará de mais água para repor a perda que ocorre normalmente no organismo, e compensar a evaporação através da pele e pulmões.

    Pode- se considerar, que a água mineral é um alimento que tem uma excelente capacidade solvente devido a sua polaridade particularmente de compostos iônicos, e sais minerais que auxiliam o transporte destes compostos até as diferentes células do organismo.

 

  1. As crianças têm mais sede que os adultos ?

    As crianças devem beber em temos relativos mais água que os adultos, pois estão mais expostos ao risco de desidratação, principalmente porque são mais ativas metabolicamente e porque o seu corpo produz calor com muita rapidez.

 

  1. Quais cuidados devo ter ao manusear os garrafões ?

    - Lave as mãos antes de manusear os garrafões.
    - Conferir as condições da embalagem e se o lacre de segurança não foi violado.
    - Conferir a data do envase.
    - Retire o lacre e a tampa.
    - Com um pano limpo, higienizar com álcool diluído em água toda a parte externa da embalagem, principalmente o gargalo e a parte superior e deixar secar por 5 minutos.

 

  1. Quais cuidados devem ser tomados com a armazenagem dos garrafões ?

    - Armazene os garrafões em ambiente limpo, fresco, seco e longe de produtos químicos.
    - Não expor à luz solar ou calor excessivo.
    - Não utilizar o garrafão para acondicionar outros produtos que não sejam água mineral.

 

 

  1. Quais cuidados devem ser tomados com o bebedouro ?

    - A cada 2 meses, encha o reservatório com solução de água e cloro. Escoe um pouco pelas torneiras e deixe em repouso por 20 minutos. Após este período, escoe toda a solução pelas torneiras, encha o reservatório com água potável e enxágüe quantas vezes forem necessárias.

 

  1. As Águas Minerais são todas iguais ?

    Não. Existem algumas características físico-químicas que as diferem. Segundo o Código de Águas Minerais do Brasil ( Lei que regulamenta o envase) existem no Brasil doze diferentes tipos de águas minerais. Mas a grande diferença entre elas está no PH( Potencial de Hidrogênio).

    Ph menor que 7 = ácida
    Ph igual a 7 = neutra
    Ph maior que 7 = alcalina

    PH é um conceito químico utilizado para medir a acidez ou alcalinidade de qualquer liquido ou solução. No mundo existem 90% de águas minerais acidas e apenas 10% de neutras ou alcalinas. Segundo revistas e cientistas especializados no assunto, as Águas Minerais alcalinas são recomendas para o uso interno, devido a neutralização dos ácidos estomacais e eliminação dos radicais livres formados pelo organismo. Também sua alcalinidade é importante na neutralização das gorduras ingeridas. Já as água minerais acidas são recomendadas para banhos terapêuticos devido ao combate de germens e bactérias eliminados pela acides.

    E também cabe novamente ressaltar que as águas minerais se diferem no fator qualidade do solo, maquinários de envase, controle de qualidade e distribuição.

 

 

 

 

 

 

 

 

  1. Porque consumir água mineral ?

    A água Mineral é uma água natural subterrânea , que difere das comuns por suas características químicas, físicas e biológicas. Por isso além dela cumprir sua função de irrigar as células e hidratar o organismo, a água mineral, levando-se em conta sua composição físico-química, é capaz de curar alguns males causados pela falta de sais minerais no organismo. Como pôr exemplo: a ingestão de uma água mineral rica em cálcio pode ao ser consumida com freqüência minimizar os efeitos da osteosporoze, (doença que afeta boa parte da população idosa do Brasil pela falta de consumo deste mineral).

 

  1. Quais as vantagens da Água Mineral, em relação à água oferecida pelo serviço publico e consumida através de filtros ou purificadores?

    A água oferecida pela rede publica é captada em rios, lagos e represas muitas vezes totalmente poluídas. Para que ela se torne potável para o consumo, ela passa por um complexo sistema de purificação, onde são acrescentados alguns produtos químicos. Já existem estudos Americanos que comprovam que o consumo In natural desta água pode causar sérias doenças tais como diarréias , viroses e outras. Inclusive, já esta comprovado que o consumo de água com altos teores de cloro é cancerígeno. Já os filtros e purificadores que existem hoje no mercado nacional, (segundo testes feitos pelo inmetro e divulgados na Internet pelo site de deste orgão do governo), quando novos absorvem apenas 92 % de todo o cloro existente na água do serviço publico. Alem disto ao se passar mais de seis meses sem que haja manutenção do aparelho, os sistemas internos dos purificadores ficam sem ação e acumulam algas que formam lodo, alterando o paladar do liquido.

    Já a Água Mineral Natural, como o próprio nome diz é purificada pela própria natureza, bastando ao engarrafadores manter um padrão de higiene no processo de captação e envase.

 

  1. Porque uma água Mineral custa mais que a outra ?

    A água mineral é natural e para que mantenha suas características o engarrafador deve manter um padrão de higiene que não comprometa a qualidade do produto, pois a água é um produto de muito fácil contaminação. Por exemplo: uma fonte deve usar aço inox em todas as tubulações que transportam a água até a cabine de envase. Como todos sabemos, o aço inox é muito caro. Por isso algumas fontes fazem sua tubulação com tubos plásticos de PVC apenas revestidos de uma capa de papel alumínio. Outra grande diferença na composição dos preços é a qualidade dos maquinários utilizados nas fontes para o envasamento do produtos. Umas são todas automatizadas, desde o recebimento do vasilhame, até o enchimento, sendo que em outras tudo é feito manualmente. Alem disto as melhores marcas tem em suas fontes laboratório próprio para analisar diariamente sua produção. Estas analises são feitas como materiais importados, o que eleva o custo de produção. E um outro fator de preço dependendo das regiões são o custo do frete, para que o produto chegue até as lojas de distribuição. Devemos nos atentar para este detalhe pois é sabido que as melhores águas minerais do brasil estão longe dos grandes centros urbanos, devido a pureza de do solo destas regiões.

 

  1. Qual é o ciclo da Água Mineral ?

    O ciclo da água se resume nos seguintes estágios:

       - Evaporação
       - Formação de nuvens
       - Precipitação
       - Escoamento
       - Infiltração pelo solo
       - Água subterrânea

16. Qual é a validade dos garrafões ?

A validade dos garrafões retornáveis é de 3 anos, a contar da data de fabricação, indicada na base do vasilhame.

Veja na tabela abaixo a data de substituição dos garrafões antigos, conforme o programa da ABINAM (Associação Brasileira das Indústrias de Águas Minerais):

 

17. Por que ao ferver água numa panela de alumínio, suas paredes ficam escuras ?

A água com PH alcalino reage com o alumínio, gerando o escurecimento das bordas. Para que isso não ocorra, é só colocar uma fatia de limão na água. A característica ácida do limão reage com o PH alcalino da água, neutralizando o efeito.

 

 

 

FAQ DISTRIBUIDORES:

 

  1. Como deve ser a área externa do estabelecimento ?

    - As áreas externas do estabelecimento devem ser pavimentadas, ter drenagem adequada, não apresentar depósitos de lixo descobertos e água parada.

    - A grama, quando houver, deverá ser aparada constantemente a fim de evitar o foco de pragas.

    - As passagens vizinhas às calçadas ou paredes devem ser mantidas livres e limpas, para facilitar o controle de pragas.

    - As áreas externas devem ser iluminadas de preferência com lâmpadas de vapor de sódio, instaladas em locais afastados das portas para reduzir a atração de insetos noturnos para o prédio e suas entradas.

    - Os recipientes destinados ao armazenamento de lixo fora do edifício devem estar localizados em plataformas elevadas para evitar a ação de animais domésticos, roedores e insetos.

    - Os recipientes de lixo devem ser mantidos tampados e deverão ser recolhidos com regularidade para evitar o derramamento.

    - Os recipientes e áreas de armazenamento do lixo devem ser limpos e desinfetados freqüentemente.

    - As sucatas e materiais desativados devem ser dispostos em carretas para fim especifico e cobertos a fim de não constituírem foco de proliferação de pragas.

    -Os rejeitos das embalagens plásticas provenientes de garrafões defeituosos deverão ser armazenados adequadamente e enviados para serviços de reciclagem para uso posterior de envase de produtos menos nobres.

    - Deve-se aplicar um programa eficaz e continuo de controle de pragas (insetos, ratos, baratas etc.) com produtos permitidos pelo órgão competente, nas áreas circundantes ao armazém com vistas a diminuir riscos de contaminação.

    - O uso de plantas ornamentais que acumulem água deve ser evitado.

    - Deve-se evitar a utilização de telhas que permitam a formação de condensação, que possam causar respingos.

    - O local de armazenagem deve possibilitar a carga e descarga dos veículos de modo a preservar as condições de temperatura e umidade do ambiente.
  2.  Como deve ser a área interna dos armazéns ?

    - O local de armazenagem deve ser mantido, ventilado e adequadamente iluminado.

    - As luminárias devem ser limpas periodicamente e mantidas em bom estado de conservação.

    - As áreas de armazenamento devem ser mantidas livres de resíduos, poeira, sujeira e produtos tóxicos.

    - As áreas de armazenagem devem ser livres de ratos, morcegos, pássaros e outras pragas e periodicamente higienizadas e desinfetadas com produtos apropriados.

    - Os garrafões deverão ser estocados sobre paletes ou estrados, bem conservados e limpos com altura suficiente para permitir a limpeza do local por baixo (mínimo de 25 cm do piso) e deverá estar distanciando no mínimo 45 cm da parede e do teto 60 cm.

    - O lixo no interior do armazém deve ser disposto adequadamente em recipientes com tampa, mantidos limpos e higienizados e retirados diariamente para fora do edifício.

    - A construção deve evitar a penetração e permanência de insetos, pássaros, animais nocivos e permitir facilidade na limpeza.

    - Não devem existir aberturas entre paredes e teto para evitar a entrada de pragas, nem bordas que facilitem a formação de ninhos.

    - As portas de acesso devem ser mantidas fechadas e com abertura no Maximo 1,0cm de altura do piso.

    - Todas as aberturas (janelas e vidros) devem ser providas de telas (removíveis) para evitar a entrada de insetos, roedores, morcegos, pássaros etc.

    - O piso deve estar em nível elevado em relação à rua para permitir o escoamento da água.

    - Os ralos internos devem ser evitados. Se necessário, devem ser sifonados e tampados para evitar maus odores e a entrada de animais e pragas.

    - As paredes, o piso e o teto devem ser mantidos secos, sem qualquer sinal de infiltrações, umidade, bolores, e rachaduras.

    - O teto deve apresentar acabamento liso, impermeável, livre de buracos, frestas e umidade.

    -As pias e banheiros devem ser separados das áreas de armazenagem de água mineral.

    - Deve existir área própria e isolada do armazém principal para os produtos devolvidos ou destinados a descarte.

    -As fiações elétricas devem estar devidamente instaladas de modo a evitar acumulo de poeira e resíduos indesejáveis. Devem ser evitadas fiações elétricas expostas e vidros quebrados.

    - Os praguicidas (permitidos pelo órgão competente) devem ser aplicados sob a supervisão direta de profissionais habilitados e que conheçam os riscos que os produtos químicos possam acarretar para a saúde. Antes da aplicação dos praguicidas deve-se ter o cuidado de proteger todos os produtos de estoque.

    - Os produtos químicos, produtos de limpeza, praguicidas (inseticidas, raticidas) devem ser guardadas fora da área de armazenagem.


3. Como deve ser feita a armazenagem ?

- As embalagens com o produto água mineral devem ser colocadas sobre paletes ou estrados limpos e secos e em bom estado de conservação e nunca em contato direto com o piso.

- O empilhamento deve ser bem alinhado, em blocos regulares, os menores possíveis e atender as recomendações do fabricante.

- As pilhas devem ser mantidas afastadas, no mínimo, 45cm das paredes, para evitar umidade e facilitar a limpeza, amostragem ,movimentações, visando controle de pragas e ações em caso de incêndio.

- Os estrados e prateleiras devem ser de material resistente, e os que estiverem danificados devem ser retirados das áreas de armazenamento.

- Deve-se evitar submeter as caixas e ou pacotes de água mineral a peso excessivo, observando empilhamento máximo no palete ou carreta. Nunca sentar ou caminhar sobre os garrafões ou caixas de água mineral.

- As caixas devem ser manuseadas com cuidado, evitando-se arremessá-las, ou arrastá-las.

- Deve ser efetuado rodízio de produtos nos paletes, comercializando em primeiro lugar o lote mais antigo. A primeira água mineral a entrar no armazém deve ser a primeira a sair.

- Os estrados, caixas e demais materiais danificados ou fora de uso devem ser retirados das áreas de armazenamento e colocadas em local apropriado de forma organizada.

- As embalagens vazias ou com o produto águas minerais não podem ser armazenadas junto a produtos químicos, de higiene, de limpeza e perfumaria, para evitar contaminação ou impregnação com odores estranhos.

- Solventes, praguicidas, detergentes ou produtos similares devem ser devidamente identificados e guardados em local especifico, fora da área de armazenamento do produto água mineral.

- Os garrafões vazios ou com água mineral devem ser mantidos afastados de grãos e cereais para evitar infestações por insetos ou pragas a estes associados.

- Não fumar nas áreas de armazenagem de água minerais.

- A temperatura de armazenamento deve ser a ambiente.

- As águas devem ser armazenadas de forma a não ficar expostas á luz solar direta.

- As embalagens deverão ser removidas das áreas com a supervisão do responsável pelo armazém.

4. Quais as instruções a serem seguidas para o manuseio na distribuidora e local de venda ?

- Os garrafões cheios e vazios devem ser armazenados em ambiente limpo, protegido de poeira e da incidência de luz solar.

- O pessoal que trabalha na área de armazéns e distribuição deve ser treinado e cumprir as recomendações que constam neste manual e devem obedecer as normas de higiene e apresentação pessoal adequada (unhas curtas, mãos limpas e asseio corporal).

- Os funcionários devem lavar as mãos sempre antes de manipular os garrafões.

- Só devem ser expostos para venda água mineral que tenha data de fabricação e prazo de validade legível.

- Nenhuma água mineral deve ser comercializada após o vencimento do prazo de validade ou se estiver com a embalagem aberta ou violada.

- Durante o armazenamento deve ser exercida uma inspeção visual periódica dos garrafões a fim de que somente sejam expedidos os que estiverem aptos para venda.

- Informar imediatamente ao engarrafador responsável pelo fornecimento do produto água mineral a detecção de qualquer anomalia identificada visualmente, exigindo providencias para reposição do produto.

- Deve ser efetuado rodízio de produtos na prateleiras armazéns comercializando sempre, em primeiro lugar, o lote mais antigo.

- As embalagens retornáveis de águas minerais não devem ser submetidas a choques mecânicos agressivos para evitar danos ás embalagens, e posterior contaminação do produto envasado.

- Os garrafões vazios que se apresentarem os defeitos a seguir devem ser rejeitados: bocal quebrado, amassamento, deformação interna e externa do gargalo, rachadura, remendo, ranhuras internas e odor estranho.

- As águas minerais devem ser expostas em gôndolas distantes de produtos químicos ou alimentos que tenham odor forte.

- As gôndolas devem ser limpas sempre que necessário, principalmente nas juntas, frestas e cantos.




 

 

 

4.    Quais são os requisitos para aquisição de garrafões retornáveis ?

- O garrafão para água mineral natural e potável de mesa deve ser fabricado com resina virgem, sendo proibido o uso de material reciclado para este fim.

- A resina usada para a fabricação dos garrafões deve atender o regulamento do Ministério da Saúde.

- Os recipientes para acondicionar água, deverão ser fabricados segundo os requisitos descritos nas Normas Técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT 14222 de Outubro de 1998 - Embalagem Plástica para Água Mineral e de Mesa - Garrafão retornável (10 L a 20L), e deverão atender as exigências do Ministério da Saúde, ou portarias e leis vigentes.

- Solicitar, ao fabricante do garrafão, laudos que comprovem o atendimento da NBR 14222 ou norma vigente na ocasião da compra de novas embalagens.


 

5.    Quais os requisitos de tampas para garrafões retornáveis ?

As tampas devem atender aos requisitos mínimos de qualidade especificados na Norma ABNT 14328 de Jun/1999. Dentre os vários requisitos exigidos, citamos aqueles que podem ser facilmente verificados pelos distribuidores e consumidores:

- A tampa deve permitir vedação eficiente do garrafão, a fim de evitar vazamento e contaminação da água durante o transporte e estocagem.

- A tampa deve ter o nome do fabricante e/ou logomarca.

- A tampa não deve apresentar defeitos de aparência tais como: rebarbas, saliências, manchas, pontos pretos e pintas, bolhas de ar, furos, amassamento, sujeira.



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

6.    Quais os veículos utilizados para o transporte de água mineral ?

O veículo destinado ao transporte de água mineral deve garantir a integridade e a qualidade da água a fim de impedir a contaminação e deterioração da mesma, devendo ser inspecionado antes da operação de carga e descarga e só deve ser liberado se satisfazer os requisitos definidos pela autoridade sanitária competente, a exemplo das recomendações:

- Ser dotado de separação integral entre o compartimento do condutor e ajudantes e o de carga que contém o produto água mineral envasada.

- O compartimento de carga deve estar limpo, sem odores ou pontas (pregos, lascas etc) que possam comprometer as embalagens.

- Os pisos e as latarias de carroceria devem estar isentos de frestas ou buracos que permitam a passagem de umidade e/ou poeira para a carga.

- Não deve apresentar a menor evidencia da presença de insetos, roedores, pássaros, pragas, vazamentos, umidade, materiais estranhos e odores intensos.

- Não transportar no mesmo compartimento com o produto água mineral pessoas, animais, plantas, outros produtos e cargas tóxicas.

- O veículo deve possuir Certificado de Vistoria e deve ser renovado anualmente, de acordo com o código sanitário vigente.

- O veículo deve ser identificado externamente (nos dois lados do veículo) com uma placa ou pintura exterior, contendo: nome, endereço, telefone do responsável e tipo de produto transportado (água mineral).

- O veículo destinado ao transporte de água mineral e dotado de carroceria aberta deve atender as seguintes disposições:

-Possuir lonas e forrações impermeáveis isentas de furos e rasgos que permitam a passagem de água ou poeira, devendo estar limpas, secas e sem odores ou resíduos que possam contaminar a carga a carga ou sujar as embalagens.

- As lonas devem ser dispostas bem esticadas para evitar eventual acúmulo de água em superfície.

- A totalidade da carga deve ser envelopada, revestida e coberta com lona impermeável por fora das guardas da carroceria.

- O emblocamento deve ser firme e a amarração deve ser bem feita, usando cantoneira para evitar danos ao Produto "Água Mineral" que pode ser ocasionado pelas cordas.

- Outras cargas não devem ser transportadas junto com os garrafões.

- No transporte de garrafões de 10 e/ou 20 litros em PET (retornáveis ou não), com temperatura ambiente superior a 30ºC, recomenda-se que a carroceria seja do tipo Baú Isotérmico.

- O empilhamento máximo de carga deve ser feito de maneira a evitar danos nas embalagens. (recomenda-se verificar o empilhamento máximo na caixa ou no pacote).

- Os veículos que transportam água mineral pré-envasada deverão atender as exigências de legislação em vigor e deverão ser vistoriadas pela autoridade da vigilância sanitária conforme normas técnicas especial sobre veículos de transporte de alimentos e deverão possuir alvará de autorização. Para outros Estados da União deverão seguir as normas estabelecidas pelo órgão competente do Estado.

 

7.    Quais as orientações para os condutores do veículo de carga ?

- Os funcionários devem ficar em compartimento separado da carga e não podem fumar no veículo.

- Não é permitido ao motorista dos veículos ou auxiliares repousar, viajar, ou transportar seus pertences no compartimento de carga, nele só podendo permanecer durante os trabalhos de carregamento e descarregamento, distribuição ou venda.

- As embalagens não devem ser pisoteadas, nem servir de assento quando do carregamento.

- Os garrafões de águas minerais não devem ser transportados juntamente com produtos tóxicos, perigosos ou susceptíveis de contaminá-los ou alterar suas características organolépticas.

- Os estrados, se utilizados, devem estar secos, limpos e isentos de odores e infestações.

- As operações de carga e descarga do veículo devem ser executadas em local protegido de chuva.

- Os condutores da carga deverão obedecer ás normas de higiene e apresentação pessoal estabelecida pela distribuidora e autoridade competente.

- Os veículos de transporte de água minerais devem possuir certificado de vistoria, concedidos por autoridades sanitária de acordo com o código nacional e estadual e vigente.



 

8. Qual é a validade dos garrafões ?

A validade dos garrafões retornáveis é de 3 anos, a contar da data de fabricação, indicada na base do vasilhame.

Veja na tabela abaixo a data de substituição dos garrafões antigos, conforme o programa da ABINAM (Associação Brasileira das Indústrias de Águas Minerais).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS DO DISTRIBUIDOR

ARMAZENAGEM

   1. Manter os vasilhames vazios dentro de espaço fechado e coberto.
   2. Nunca deixar os vasilhames em contato com o chão, usar material separador de madeira ou plástico.
   3. Não empilhar os vasilhames cheios acima da capacidade máxima de empilhagem.
   4. Não deixar os vasilhames cheios em local com incidência de luz solar direta.
   5. Não estocar vasilhames cheios ou vazios próximo a produtos de limpeza , combustíveis, e local onde permaneçam animais domésticos.

DISTRIBUIÇÃO

   1. Somente transportar os vasilhames cheios em veículos fechados e/ou cobertos.
   2. Orientar seus funcionários a manter boa apresentação pessoal e atender cordialmente seus clientes.
   3. Orientar os funcionários e clientes à retirar totalmente o plástico, o lacre e a tampa do vasilhame. Tal procedimento é fundamental pois estes itens são passíveis contaminação por estarem em contato direto com o ambiente, e se não removidos poderão contaminar a água consumida.
   4. Os funcionários e clientes deverão ser orientados a fazerem higienização periódica do suporte ou bebedouro ( no máximo de 6 em 6 meses ) inclusive com trocas de torneiras, a fim de garantir a qualidade do produto. Orienta-los a fazer a higienização com a própria água mineral , pois a da rede publica contém muito cloro, e por mais que se enxugue o suporte ou bebedouro ficará sempre a duvida de uma possível contaminação, causando gosto no produto e posteriores reclamações.
   5. Verificar se os clientes não utilizaram o vasilhame para outros produtos (combustível, sucos, e outros produtos com cheiro, inclusive água de poços artesianos e da rede publica).
   6. Verificar a posição dos suportes e bebedouros do cliente para que não fiquem próximos a pontos de contaminação tais como: próximos a janelas que recebam muita claridade ou incidência direta da luz solar; próximos a fogões pois as frituras podem ficar acumuladas nas bordas dos vasilhames e chegar até a água mineral; em locais próximos a pontos de poeira excessiva, e outros.
   7. Pedir aos clientes que não guardem seus vasilhames vazios exposto ao tempo, próximos de produtos de limpeza e animais domésticos.